10 de mai de 2011

O Peso de Ser Bombeiro

“Poderíamos simplesmente dizer, que ser bombeiro é possuir um treino adequado para combater incêndios, resgatar pessoas em situações de perigo ou socorre-las em situações de doença, e ainda para salvar bens materiais”. Mas estaríamos a ser redutores, era como se narrássemos apenas metade de um filme de cinema.

Ser bombeiro é escolher ficar ao dispor de conhecidos e desconhecidos que possam precisar de ajuda, em vez de ir a uma festa com amigos, em vez de dormir com a família, em vez de ter uma noite de repouso para ir trabalhar no dia seguinte. É escolher ir para o frio, vento e chuva, em vez de ficar à lareira numa noite de inverno, é escolher correr riscos e enfrentar o perigo e o medo, em vez de ficarmos no conforto e segurança do lar.

De fato não é fácil ser bombeiro! Além do conhecimento que é preciso adquirir para que sejamos profissionais na nossa missão, é necessário sacrifício, dedicação e muita vontade de ajudar. Porque ser bombeiro, é também acalmar com palavras, carinho e sorrisos, é transmitir segurança e tranqüilidade, é salvar desconhecidos com o mesmo carinho com que se abraça um amigo, é contrariar o desespero dos outros contendo as próprias lágrimas.
Seria injusto dizermos que trabalhamos à troca de nada. Pois qualquer um de nós bombeiros sabemos apreciar as deleitosas recompensas: a felicidade de uma mãe que “deu à luz”, o entusiasmo com que um idoso nos conta a sua historia e lição de vida, uma palavra, uma lágrima ou um abraço de agradecimento.
Não somos super-heróis porque não temos poderes mágicos, não somos anjos porque não temos asas, não somos inconscientes porque sabemos os riscos que corremos, somos homens e mulheres com muita força de vontade.
Ser bombeiro é mais do que realizar uma missão, é eternizar momentos com sentimentos.
Por si e para si trabalhamos, e continuaremos ao ser dispor!
Estamos gratos a todos os que também nos ajudam.
Visite-”nos no nosso quartel, teremos muito gosto em recebê-los"

Nenhum comentário: